Ads Top

Caravana do Cuidar chega à Beira Rio nesta sexta-feira



Os moradores da Comunidade Padre Hildon Bandeira, na Beira Rio, vão receber, nesta sexta-feira (14), os serviços da Caravana do Cuidar. O projeto itinerante é promovido pela Prefeitura de João Pessoa, por meio da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuc), e tem como proposta levar diversos serviços até os moradores. A estrutura será montada na praça Luiz Patrício, e os atendimentos estarão disponíveis das 8h às 12h.

 

Entre os serviços ofertados pela Sedhuc, os moradores poderão se cadastrar no CadÚnico, que dá acesso aos benefícios sociais, como o Bolsa Família; assim como no Centro de Referência da Assistência Social (Cras), que atende aquela região; e no Programa Criança Feliz, voltado para gestantes e/ou crianças de até seis anos.

 

Em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), serão ofertados os serviços de vacinação contra Covid-19 e a Tríplice Viral; aferição de pressão arterial; teste rápido de glicemia e Covid-19; atendimento médico, com encaminhamento para exames; atendimentos de auriculoterapia e atendimento odontológico.

 

Além das oportunidades no mercado de trabalho, ofertadas pelo Programa Acessuas Trabalho, que oferece cursos profissionalizantes e oportunidades de emprego pelo programa Jovem Aprendiz, direcionado para jovens de 14 a 24 anos de idade; haverá encaminhamentos para vagas de emprego ofertadas pelo Sine-JP, por meio do ‘Eu Posso’.

 

 

Os moradores ainda vão poder aproveitar ainda a apresentação do grupo de dança do Centro de Referência e Cidadania do bairro Grotão, e a entrega de pipoca e algodão doce.

 

Nova parceria - A partir desta edição o Hemocentro da Paraíba passa a integrar os serviços oferecidos pela Caravana do Cuidar, com atendimento móvel. A coordenadora Valéria Limeira reforçou a importância da parceria. “Nós só temos a agradecer por essa parceria. O trabalho do Hemocentro é incansável, pois a gente não pode parar de chamar e sensibilizar  a população, e uma parceria dessas influencia outras Secretarias, outras instituições, para nos apoiar nessa missão de salvar vidas”, destacou.

 

Para doar é preciso estar com um documento oficial e original com foto, ter entre 16 e 69 anos, sendo que pessoas com menos de 18 anos devem estar acompanhados de um dos responsáveis legais (pai ou mãe) e a primeira doação deve ser realizada antes dos 60 anos. Outras exigências são estar bem alimentado, saudável, ter dormido bem na noite anterior – no mínimo seis horas-, pesar acima de 50 kg e não ter ingerido bebida alcoólica. Mais critérios serão avaliados na triagem clínica dos candidatos à doação.


Foto: Reprodução Google. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.