Ads Top

Pastor acusado de aplicar golpe de R$ 3 milhões contra fiéis em João Pessoa divulga vídeo para se defender e alega ter sido subornado



O pastor Péricles Cardoso de Melo, acusado de aplicar golpes no valor total de R$ 3 milhões nos fiéis, gravou um vídeo onde se defende das acusações e ainda alega que foi subornado e sofreu pressão psicológica. Como acompanhou o ClickPB, ele alega não estar foragido e se diz decepcionado. O vídeo foi exibido na TV Arapuan, nesta segunda-feira (02).


“A gente ficou sabendo sexta-feira pelo advogado que tem uma ordem de prisão contra mim e contra Vânia (esposa). Fiquei decepcionado, porque Vânia nunca pediu nada a ninguém, nunca foi na casa de ninguém pegar cartão nem dinheiro”, disse.


O pastor ainda afirmou que sempre pagou as dívidas que fez nos cartões dos fiéis. “Eu não fugi e não sou ladrão. Estou bem perto. Ele vai abrir ação contra você que deu queixa contra mim. A verdade vai ser dita. Eu vou dizer tudo, quem me subornou, quem ficou fazendo pressão psicológica em mim”, afirmou.


Péricles Cardoso é investigado por aplicar golpes em fiéis de uma congregação da Assembleia de Deus no bairro de Mangabeira, em João Pessoa. Segundo as denúncias, ele costumava usar o cartão de crédito de fiéis para fazer compras e pedia sigilo às vítimas.


CanalPB com ClickPB


Foto: Reprodução Google. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.