Ads Top

Galeria Archidy Picado recebe exposição inédita do artista visual Raiz

 


De nome forte, que remete às origens e à ancestralidade, o artista visual Raiz Campos traz para João Pessoa a exposição ‘Do Xié ao Jaguaribe: Graffitigrafismo’. A ação é fruto de um edital lançado pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) e fica em cartaz na Galeria Archidy Picado, a partir da próxima quinta-feira (1º). A abertura será às 17h, com a presença do artista e o período de visitação se estende até 28 de outubro.
 
Inédita, a exposição reúne ancestralidade e contemporaneidade a partir do encontro dos grafismos do artesanato indígena com o traço moderno do graffiti, resultando no contraste entre o urbano e o selvagem. Ao todo, sete obras, entre esteiras pintadas pelo artista e feitas por indígenas das etnias Baré e Werekena, além de aturás carregados de sprays – sua eterna colheita – arte e humanidade. Ainda compõem a mostra frases e apelos de militantes da causa indígena na atualidade, com destaque para a homenagem prestada ao grande artista indígena Feliciano Lana, um dos principais nomes do Alto Rio Negro. “As esteiras medem dois por dois metros e remetem ao lado espiritual do modo de vida dos nativos. Nelas, eu retrato anciãs, pajés, animais e costumes indígenas”, afirma Raiz.
 
A técnica de tintas aplicadas em transparência nas esteiras já foi exposta em Manaus, São Paulo (durante a 5ª Bienal Internacional de Graffiti Fine Art) e também em Washington, nos Estados Unidos. Mas foi o graffiti, em grandes murais urbanos, que fez o artista ganhar projeção internacional.
 
O artista - Considerado um dos principais nomes da nova geração de artistas, Rai Campos, mais conhecido como Raiz, nasceu na Bahia, mas ainda muito pequeno se mudou com a família para a Amazônia, onde reside atualmente, às margens do Rio Negro. É da sua vivência amazônica que Raiz tira inspiração para seus traços do graffiti - que já ganhou diversos painéis espalhados pelo Brasil.
 
Seu pai, o paraibano Dennes Lucena, foi a sua primeira influência artística. Ainda criança, via o pai colorir diversos espaços da reserva indígena onde moravam. Atualmente, Raiz cursa Artes Visuais na Universidade Federal do Amazonas.
 
Serviço:
 
Exposição Do Xié ao Jaguaribe: Graffitigrafismo
Artista: Raiz
Abertura: 1º de setembro
Visitação: até 28 de outubro
Local: Galeria Archidy Picado, Espaço Cultural da Paraíba (R. Abdias Gomes de Almeida, 800 - Tambauzinho)
Visitação: Segunda à sexta-feira, das 8h às 21h / Sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h

Foto: Reprodução Google.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.