Ads Top

Inovatec-JP vai incubar startups e ajudar a atrair empresas de tecnologia para João Pessoa

 


Recém-criada por iniciativa da gestão do prefeito Cícero Lucena e com seu estatuto aprovado, a Agência de Fomento e Inovação de João Pessoa (Inovatec-JP) vai poder incubar empresas e startups, por meio de ferramentas de empreendedorismo inovador, e ajudar a atrair, para o município, empresas de tecnologia e inovação.

Estes são dois dos objetivos da Inovatec-JP, a primeira agência do Brasil, em âmbito municipal, legalmente estruturada e voltada para o fomento e a inovação. E que teve, na última sexta-feira (19), seu estatuto aprovado e seu Conselho Administrativo eleito em Assembleia Geral na Secretaria Municipal de Planejamento (Seplan). Na esfera estadual e federal, existem várias em atuação no País.

Definida estatutariamente como uma “instituição científica, tecnológica e de inovação”, sem fins lucrativos, a Inovatec-JP atuará objetivando incentivar a inovação e a pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo, bem como fomentar o desenvolvimento de patentes e invenções.

Consultoria e pesquisa - A agência vai poder também prestar serviços de consultoria, assessoria ou assistência técnica aos municípios e órgãos da administração pública. Isso inclui realizar diagnósticos setoriais e regionais, diretamente ou mediante a contratação de terceiros.

E, ainda, trabalhar com a realização de pesquisa básica ou aplicada, de caráter científico ou tecnológico, ou o desenvolvimento de novos produtos, serviços ou processos.

“João Pessoa não dispunha ainda de um instrumento capaz de viabilizar o desenvolvimento de projetos de pesquisa, nem mesmo os de interesse do próprio Município. A agência chega para cumprir este papel”, observou o secretário de Ciência e Tecnologia, Guido Lemos.

Para o secretário, a Inovatec-JP por meio de suas ações e projetos contribuirá substancialmente com a divulgação de João Pessoa como opção para investimentos, ajudando a atrair para o município empresas de tecnologia e inovação.

Ao falar sobre a aprovação do estatuto e eleição do conselho administrativo da agência, o secretário de Planejamento, José William, destacou que o município fecha um ciclo de providências administrativas que, agora, dá as condições legais de atuação da agência, na prática.

“João Pessoa sai na frente, ao cuidar para que o apoio à inovação contribua com o desenvolvimento do município não apenas no setor de tecnologia, mas em todas as áreas importantes de prestação de serviços à população, a exemplo da educação, saúde, infraestrutura, e a mobilidade urbana e humana”, comentou o titular da Seplan.

Composição do Conselho - A Inovatec-JP está vinculada à Secretaria de Governança Municipal. O Conselho Administrativo da agência é composto por representantes das secretarias de Ciência e Tecnologia, do Planejamento, das Finanças e da Governança, além de um membro de notório saber da sociedade civil.

Fazem parte do conselho, os secretários do Planejamento, José William; de Governança Municipal, Diego Tavares; o chefe de Contabilidade da Secretaria de Finanças, Rodrigo Teixeira; o assessor de Comunicação da Seplan, Carlos César Muniz. E o chefe de gabinete e o assessor jurídico da Secitec, respectivamente, David Fernandes e Cid Gadelha.

Foto: Reprodução Google.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.