Ads Top

Sabadinho Bom tem roda de chorinho com o saxofonista Chico Lopes e convidados

 


A edição deste dia 27 do projeto ‘Sabadinho Bom’ será uma verdadeira roda de chorinho comandada pelo saxofonista Chico Lopes. Ele promete um show eclético, com o tradicional chorinho e trazendo ainda uma roupagem mais moderna ao ritmo. O encontro é gratuito e acontece na Praça Rio Branco, Centro de João Pessoa, a partir das 12h.
 
O músico afirmou que vai começar sua apresentação pelos precursores do chorinho, como Anacleto de Medeiros, Pixinguinha, passando por Luís Americano, Jacob do Bandolim, Severino Araújo e Sivuca. “É um repertório voltado para o choro tradicional, que é importante, e com um arranjo atual. Será muito bacana, com muita coisa voltada para instrumentos de sopro, mas também o tradicional chorinho de cordas como bandolim, cavaquinho e violão”, disse.
 
O evento também terá a música do maestro Moacir Santos, um choro mais apurado, moderno, voltado para o jazz e que relembra a época em que ele viveu na Paraíba, quando participou da Orquestra da Rádio Tabajara.
 
Os músicos que vão acompanhar o instrumentista são Potyzinho Lucena, no cavaquinho; Eduardo Fiorussi, no violão seis cordas; Luiz Humberto, no violão sete cordas; e Novinho e Glauco Andrezza, na percussão. Além deles, haverá participação especial de Emanoel do Trompete; Costinha, no saxofone; professor Teinha no saxofone e clarinete; Chiquinho, no clarinete; e Renan, na flauta.
 
“A intenção é uma roda de choro orquestrada, organizada. Apesar de ser em um palco, não deixa de ser uma roda de choro, uma tradição muito bacana e bonita de ser ver. Minha expectativa é que não chova”, brincou o músico. Ele disse que espera o mesmo público que sempre vai para o Sabadinho.
 
“Todos os sábados, estou lá assistindo e já faz parte da minha programação. Eu adoro aquilo ali e espero que seja maravilhoso como foi no dia do Costinha, quando dei uma canja. Aguardo pessoas da periferia, do Centro, sem distinção de classe, que gostam de música boa instrumental”.
 
Quem for à Praça Rio Branco vai ouvir música instrumental de qualidade, chorinhos para recordar os bons tempos. “Teremos uma banda boa, afinada, entrosada, muita descontração. Iremos tocar de tudo e fazer com que as pessoas se sintam bem. Se der vontade de dançar, que dancem. Se quiserem só curtir, que curtam. Se quiserem só ouvir, que ouçam. Isso é o que queremos apresentar”, afirmou.
 
O artista aproveitou para convidar o público. “Façam como eu que estou lá todos os sábados. É muito bom música de graça. A última vez que toquei nesse projeto foi em 2012. Agora, estou retornando com expectativa e o coração aberto para esse evento maravilhoso. Parabenizo a Funjope. Vamos lá, gente, vai ser uma maravilha. Eu prometo”, completou.
 
Artista - Chico Lopes é paraibano do município de Itaporanga. Já se apresentou pelo Brasil afora, passando pelo Rio de Janeiro e Brasília, e no exterior, a exemplo de Portugal. Dividiu o palco com vários artistas brasileiros, entre eles, Dona Ivone Lara, Paulinho da Viola e Monarco.  Fez ainda participações com o músico Canhoto da Paraíba.

Foto: Reprodução Google.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.