Ads Top

João Pessoa realiza mobilização contra Influenza, dengue e multivacinação neste sábadoDiversos serviços de saúde estarão mobilizados no ‘Dia D’ de vacinação que acontecerá no próximo sábado (13). Além da campanha para atualização da caderneta de vacinação, a Prefeitura de João Pessoa estará promovendo a assistência com a proteção contra a dengue, com a administração da Qdenga para crianças e adolescentes na faixa etária de 10 a 14 anos e, com as doses contra Influenza, destinada as pessoas que fazem parte do grupo prioritário. No Dia D, as vacinas poderão ser aplicadas no Centro de Imunização, nas Policlínicas Municipais e em diversas Unidades de Saúde da Família (USF), no período das 8h às 12h. Haverá também a prestação de serviço nos três pontos móveis, criados estrategicamente para garantir a assistência contínua a população, que estão localizados no Shopping Sul, no Home Center Ferreira Costa e no Shopping Tambiá. Os pontos móveis irão funcionar no período das 12h às 21h, exclusivamente com a administração das doses de campanha (contra dengue e Influenza). “É importante que as pessoas compareçam aos serviços, com um documento oficial com foto e o cartão ou caderneta de vacinação e façam a atualização das doses necessárias. Essa é mais uma oportunidade que a Prefeitura de João Pessoa promove uma grande mobilização para garantir uma assistência preventiva para toda população”, destacou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização de João Pessoa. “A prevenção contra dengue e Influenza tem o objetivo de reduzir o risco de infecção sintomática, hospitalizações e da morbimortalidade pelas doenças, principalmente de quem faz parte do grupo prioritário”, completou. Proteção contra dengue – A vacina é recomendada para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, com o esquema composto de duas doses, em intervalo de três meses entre as doses. Caso o usuário tenha contato com a doença antes da vacina é recomendado aguardar seis meses para o início do esquema vacinal com a vacina dengue (atenuada). Caso a infecção ocorra após o início do esquema, não há alteração no intervalo entre D1 e D2, desde que a D2 não seja realizada com o período inferior a 30 dias do início da doença. Proteção contra Influenza – Já contra a gripe, a vacina inicialmente está sendo administrada apelas para pessoas que fazem parte do grupo prioritário. São elas: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (aquelas mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), professores do ensino básico e superior, povos indígenas, idosos com 60 anos ou mais de idade, pessoas em situação de rua, profissionais das forças de segurança e salvamento, profissionais das Forças Armadas e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, população privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas. “Alertamos sobre a importância da vacinação para quem faz parte do grupo prioritário, pois embora as pessoas de todas as idades sejam suscetíveis ao vírus Influenza, alguns grupos são mais vulneráveis a desenvolver complicações em decorrência da doença. Nesse sentido, destacam-se as gestantes, puérperas, adultos com mais de 60 anos, crianças com menos de cinco anos e indivíduos com comorbidades ou condições clínicas especiais, como cardiorrespiratórias, obesidade, diabetes, imunossupressão, dentre outros”, explicou Fernando Virgolino. Documentação – Para vacinação contra a Dengue, basta o usuário levar a Caderneta de Vacinação e um documento oficial. Para Influenza é necessário levar, além do cartão de vacina, os documentos comprobatórios de cada grupo. Os profissionais que se enquadram na ampliação dos grupos prioritários deverão apresentar documento de identificação com foto e comprovante (declaração, carteira do conselho de classe ou contracheque) de vínculo com a empresa ou instituição onde atua. Já pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar laudo médico. Locais para vacinação no ‘Dia D’ – 13 de abril Home Center Ferreira Costa Apenas as vacinas que protegem contra Dengue e Influenza Horário: 12h às 21h Shopping Tambiá Apenas as vacinas que protegem contra Dengue e Influenza Horário: 12h às 21h Shopping Sul Apenas as vacinas que protegem contra Dengue e Influenza Horário: 12h às 21h Unidades de Saúde da Família (USFs) Com todas as vacinas de Campanha (Covid-19, Dengue, Influenza) e atualização da caderneta Horário: 8h às 12h *exceção: das USFs Jardim Planalto, Costa e Silva, Vieira Diniz, Maria de Nazaré, Grotão, Cidade Verde, Alto do Céu II, Timbó. Policlínicas Municipais e Centro Municipal de Imunização Com todas as vacinas de Campanha (Covid-19, Dengue, Influenza) e atualização da caderneta Horário: 8h às 12h Foto: Reprodução Google.



Diversos serviços de saúde estarão mobilizados no ‘Dia D’ de vacinação que acontecerá no próximo sábado (13). Além da campanha para atualização da caderneta de vacinação, a Prefeitura de João Pessoa estará promovendo a assistência com a proteção contra a dengue, com a administração da Qdenga para crianças e adolescentes na faixa etária de 10 a 14 anos e, com as doses contra Influenza, destinada as pessoas que fazem parte do grupo prioritário.


No Dia D, as vacinas poderão ser aplicadas no Centro de Imunização, nas Policlínicas Municipais e em diversas Unidades de Saúde da Família (USF), no período das 8h às 12h. Haverá também a prestação de serviço nos três pontos móveis, criados estrategicamente para garantir a assistência contínua a população, que estão localizados no Shopping Sul, no Home Center Ferreira Costa e no Shopping Tambiá. Os pontos móveis irão funcionar no período das 12h às 21h, exclusivamente com a administração das doses de campanha (contra dengue e Influenza).


“É importante que as pessoas compareçam aos serviços, com um documento oficial com foto e o cartão ou caderneta de vacinação e façam a atualização das doses necessárias. Essa é mais uma oportunidade que a Prefeitura de João Pessoa promove uma grande mobilização para garantir uma assistência preventiva para toda população”, destacou Fernando Virgolino, chefe da Seção de Imunização de João Pessoa. “A prevenção contra dengue e Influenza tem o objetivo de reduzir o risco de infecção sintomática, hospitalizações e da morbimortalidade pelas doenças, principalmente de quem faz parte do grupo prioritário”, completou.


Proteção contra dengue – A vacina é recomendada para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, com o esquema composto de duas doses, em intervalo de três meses entre as doses. Caso o usuário tenha contato com a doença antes da vacina é recomendado aguardar seis meses para o início do esquema vacinal com a vacina dengue (atenuada). Caso a infecção ocorra após o início do esquema, não há alteração no intervalo entre D1 e D2, desde que a D2 não seja realizada com o período inferior a 30 dias do início da doença.


Proteção contra Influenza – Já contra a gripe, a vacina inicialmente está sendo administrada apelas para pessoas que fazem parte do grupo prioritário. São elas: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (aquelas mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), professores do ensino básico e superior, povos indígenas, idosos com 60 anos ou mais de idade, pessoas em situação de rua, profissionais das forças de segurança e salvamento, profissionais das Forças Armadas e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, população privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.


“Alertamos sobre a importância da vacinação para quem faz parte do grupo prioritário, pois embora as pessoas de todas as idades sejam suscetíveis ao vírus Influenza, alguns grupos são mais vulneráveis a desenvolver complicações em decorrência da doença. Nesse sentido, destacam-se as gestantes, puérperas, adultos com mais de 60 anos, crianças com menos de cinco anos e indivíduos com comorbidades ou condições clínicas especiais, como cardiorrespiratórias, obesidade, diabetes, imunossupressão, dentre outros”, explicou Fernando Virgolino.


Documentação – Para vacinação contra a Dengue, basta o usuário levar a Caderneta de Vacinação e um documento oficial. Para Influenza é necessário levar, além do cartão de vacina, os documentos comprobatórios de cada grupo. Os profissionais que se enquadram na ampliação dos grupos prioritários deverão apresentar documento de identificação com foto e comprovante (declaração, carteira do conselho de classe ou contracheque) de vínculo com a empresa ou instituição onde atua. Já pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar laudo médico.


Locais para vacinação no ‘Dia D’ – 13 de abril


Home Center Ferreira Costa

Apenas as vacinas que protegem contra Dengue e Influenza

Horário: 12h às 21h


Shopping Tambiá

Apenas as vacinas que protegem contra Dengue e Influenza

Horário: 12h às 21h


Shopping Sul

Apenas as vacinas que protegem contra Dengue e Influenza

Horário: 12h às 21h


Unidades de Saúde da Família (USFs)

Com todas as vacinas de Campanha (Covid-19, Dengue, Influenza) e atualização da caderneta

Horário: 8h às 12h

*exceção: das USFs Jardim Planalto, Costa e Silva, Vieira Diniz, Maria de Nazaré, Grotão, Cidade Verde, Alto do Céu II, Timbó.


Policlínicas Municipais e Centro Municipal de Imunização

Com todas as vacinas de Campanha (Covid-19, Dengue, Influenza) e atualização da caderneta

Horário: 8h às 12h


Foto: Reprodução Google. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.