Ads Top

Atividades do Festincine movimentam a cidade com exibição de filmes, laboratório, debates e música

 


O I Festival Internacional de Cinema de João Pessoa (FestincineJP) reuniu uma série de atividades neste domingo (28) com debate, laboratório, rodadas de negócios, além de programação cultural com música de qualidade. As atividades foram na Usina Cultural Energisa, Casa da Pólvora e Cine Centerplex. O evento, realizado pela Prefeitura da Capital, através da Fundação Cultural (Funjope), segue até esta terça-feira (30).

Na avaliação do diretor executivo da Funjope, Marcus Alves, o Festival está se desenvolvendo de maneira muito tranquila e organizada. Ele disse que as rodadas de negócios e os relatórios que já tem em mãos indicam que está sendo uma experiência muito bem sucedida, tanto do ponto de vista dos diretores, como dos players que estão na cidade, liderando as conversas.

“Por outro lado, as sessões também têm sido repletas de emoção e de aceitação por parte da população. O FestincineJP se consolidou, se mostrou com toda sua potência e a força do cinema paraibano. Isso realmente nos deixa muito contentes”, pontuou.

A programação do domingo teve início pela manhã com um debate na Usina Cultural Energisa sobre os filmes exibidos na noite do sábado (27). Em seguida, o segundo dia do Laboratório de Produção Executiva Criativa, com os consultores Sebastian Peña Escobar, Clémentine Mourão-Ferreira e Tatiana Martinelli Loureiro. Ao longo da tarde, no mesmo local, nova rodada de negócios.

Já na Casa da Pólvora, no Centro Histórico da Capital, o público curtiu uma tarde agradável com música. Foi o Jazz&Beats, apresentando a artista Mari Santana e o grupo Samba Se Ata.

Cinema – A noite foi de exibição de filmes e as sessões seguem até o último dia do FestincineJP, inclusive com sessões extras à tarde. Na lista de produções deste domingo, os curtas Mamapara, do diretor Alberto Flores Vilca, num trabalho conjunto do Peru, Argentina e Bolívia; e Memórias do Fogo, documentário experimental dos diretores Rita de Cássia Melo Santos, Leandro Olímpio e Irineu Cruzeiro Neto, da Paraíba.

Os longas foram Amparo, dirigido por Simón Mesa Soto, da Colômbia, e A Mãe de Todas as Lutas, documentários com direção de Susanna Lira, do Rio de Janeiro.

Programação - Nesta segunda-feira, a sessão extra será às 17h, enquanto na terça começa mais cedo, às 15h30. Sempre em uma das salas do Cine Centerplex, no Mag Shopping. A programação completa pode ser conferida no link https://www.joaopessoa.pb.gov.br/wp-content/uploads/2022/08/Programacao_FestincineJP.pdf

Foto: Reprodução Google.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.