Ads Top

"Deflação pode se tornar ruim para economia", diz economista sobre queda dos preços de alimentos



O economista Cássio Bezerra, disse, em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta quinta-feira (13), que o registrou de deflação de 0,08% identificado em junho, de acordo com os dados divulgados hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) pode ser algo ruim se o cenário permanecer na economia.


"O brasileiro está acostumado a uma inflação, mas o que observamos foi uma deflação, que é justamente o contrário. Essa redução que tem sido observada foi provocada por alguns fatores como maior estabilidade no preço dos combustíveis, que tem um papel multiplicador na economia, e outro fator, é o preço dos alimentos que estão com maior estabilidade de preços. A fusão desses fatores resultaram nessa deflação", destacou ao lembrar que essa foi a primeira queda no IPCA desde setembro do ano passado. 


Esse resultado de deflação foi influenciado principalmente pelas quedas nos preços de Alimentação e bebidas (-0,66%) e Transportes (-0,41%). Segundo o IBGE, os dois grupos contribuíram, sozinhos, com -0,22 ponto percentual no índice do mês. "O cenário prolongado de deflação pode implicar em desaquecimento da economia e não é coisa boa para o desenvolvimento do país", reforçou como acompanhou o ClickPB. 


No entanto, a deflação é uma boa notícia para o consumidor, que economiza em alguns produtos, principalmente após a pandemia, em que os preços de vários alimentos praticamente dobraram de valor.


CanalPB com ClickPB


Foto: Reprodução Google. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.