Ads Top

Procon da Paraíba recebe 125 denúncias contra 123 Milhas e aconselha consumidores a formalizarem reclamações



O Procon Estadual da Paraíba emitiu uma nota técnica contra 123 Milhas com o objetivo de resguardar o direito ao acesso dos consumidores a informação prévia, clara e ostensiva nas relações de consumo. Segundo a superintendente do órgão, Késia Liliane, o Procon-PB já recebeu 125 denúncias de consumidores.


Segundo anota a nota técnica, o ideal é que os consumidores entrem em contato com a 123 Milhas e que a comunicação seja registrada. "Aconselhamos que as pessoas peçam esclarecimentos sobre sua situação específica e de todas as condições que forem apresentadas. É aconselhável registrar uma reclamação junto aos Procons caso as expectativas não sejam atendidas", orienta a nota.


O órgão de defesa do consumidor já abriu um procedimento de ofício, para questionar a empresa sobre os motivos para a suspensão da emissão de bilhetes de viagens. A agência de viagens 123 Milhas surpreendeu clientes ao anunciar na sexta-feira passada (18) a suspensão da emissão de passagens já compradas da sua linha promocional, com datas flexíveis. 


O problema aumentou, pois a agência informou de forma pública, que os clientes não poderão ser ressarcidos em dinheiro, em razão dessa suspensão, mas que iria devolver integralmente os valores em vouchers, acrescidos de correção monetária de 150% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário), acima da inflação e dos juros de mercado, para compra de passagens, hotéis e pacotes. 


A medida atinge as viagens já contratadas da linha, de datas flexíveis, com embarques previstos de setembro a dezembro de 2023. No entanto, a 123 Milhas se recusa a emitir as passagens dos consumidores, obrigando-os a aceitar um voucher. 


CanalPB com ClickPB


Foto: Reprodução Google. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.