Ads Top

Faixas da BR-230 serão interditadas neste domingo para construção do viaduto de Água Fria



O Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba (DER-PB) vai interditar, a partir deste domingo (14), às 5h30, duas faixas da BR-230, no sentido Bayeux/Cabedelo, nas proximidades da Sucata do Edinho, para o início das obras do Viaduto de Água Fria. A ação contará com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Superintendência de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).


A construção do Viaduto de Água Fria vai facilitar o tráfego de veículos entre os bairros Cristo Redentor, Ernesto Geisel, José Américo e Mangabeira, bem como o tráfego contínuo na rodovia federal entre o Estádio Almeidão, Centro Administrativo Municipal, Ceasa e Polícia Rodoviária Federal.


Em reunião realizada nesta sexta-feira (12), na sede do DER, o superintendente Carlos Pereira de Carvalho e Silva e seus diretores, juntamente com representantes dos órgãos diretamente envolvidos na obra de mobilidade urbana da Capital paraibana, discutiram os últimos detalhes para o início dos serviços do viaduto, que vai ligar o Bairro de Água Fria à Rua Ranieri Mazzili, no Cristo Redentor.


Com a interdição das duas faixas da BR-230, o fluxo de tráfego será encaminhado para a via marginal, Rua Diógenes Chianca, que passará a ter sentido único Bayeux/Cabedelo, com três faixas de tráfego.


O gestor da obra, engenheiro Francisco Romário, que também participou da reunião, disse que foram realizadas obras de asfaltamento de ruas em torno da obra, visando desafogar o trânsito na região e melhorar a mobilidade das pessoas enquanto a obra estiver em andamento. Foram realizados pelo DER serviços de aplicação de pavimentação em CBUQ (Concreto Betuminoso Usinado a Quente) nas ruas de plano de desvio, corte e dobra de aço e montagem de vigas longarinas.


O novo viaduto terá uma extensão de 30m e a obra uma extensão de, aproximadamente, 1 km, com investimento de R$ 24,4 milhões com recursos próprio do Tesouro do Estado, visando resolver um dos maiores problemas de mobilidade urbana de João Pessoa, que perdura há décadas e, agora, ganhará uma solução definitiva. Estima-se que o viaduto beneficiará pouco mais de 820 mil habitantes da Capital, proporcionando mais segurança, conforto e fluidez no tráfego.


Carlos Pereira, durante a reunião, disse que a obra deverá ser concluída em junho do próximo ano, contando com o apoio de todos os órgãos envolvidos na sua construção. “Toda a área receberá placas de sinalização vertical na BR-230, começando a partir de 1,5 km antes do trecho a ser interditado para que todos possam trafegar com tranquilidade”, enfatizou o superintendente.


Foto: Reprodução Google. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.