Ads Top

Polícia investiga se homem acusado de se masturbar em ônibus estuprou a vítima, em Patos



A Polícia Civil está investigando se o acusado de se masturbar em um ônibus com destino de Patos a João Pessoa chegou a estuprar a vítima. Conforme apurou o ClickPB, o caso foi denunciado pela mulher que acordou ao perceber o homem se masturbando e tocando em suas partes íntimas. O acusado foi preso em flagrante na delegacia de Patos, mas liberado após passar por audiência de custódia.


O delegado Paulo Ênio, disse que a investigação agora também irá verificar o crime de estupro. "A polícia trabalha também com a hipótese de, além da importunação sexual, o estupro, já que a vítima dormia no momento em que ele praticava o crime", explicou.


Vítima e acusado foram direcionados a Central de Polícia de Patos, onde foram ouvidos. O acusado, segundo o delegado, é do Ceará e não tinha antecedentes criminais.  O caso não coube fiança e o homem teve que aguardar a audiência de custódia, de onde foi liberado pela Justiça.


Como apurado pelo ClickPB, Thalita Renea relatou que estava no interior de um ônibus, em direção a João Pessoa, quando acabou acordando com um homem tocando nela e se masturbando. 


Nas redes sociais da maquiadora profissional, ela postou um vídeo onde mostra outros passageiros prendendo o acusado de abuso sexual até a chegada da polícia. A vítima relata que apesar de toda o momento de terror que passou, jamais se calaria diante da violência sofrida.


CanalPB com ClickPB


Foto: Reprodução Google. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.