Ads Top

Hospital de Clínicas adota protocolo de fisioterapia para acelerar recuperação de pacientes



Com o objetivo de reduzir o tempo de hospitalização e diminuir o comprometimento muscular decorrente do período de internação, a equipe de fisioterapia do Hospital de Clínicas, em Campina Grande, implantou um novo projeto na área da assistência. Trata-se do Protocolo de Mobilização Precoce.


A fisioterapia precoce é fundamental na recuperação do paciente em ambiente hospitalar, esteja ele na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ou pós-cirúrgico, trazendo benefícios físicos e psicológicos, e acelerando a alta médica.


Durante a fase de implantação da terapia na unidade hospitalar, os profissionais têm feito um trabalho de divulgação e conscientização junto às equipes multiprofissionais sobre a intervenção, as vantagens no processo de recuperação e tempo de ocupação de leitos.


De acordo com a coordenadora de fisioterapia do hospital, Raíssa Furtado, a mobilização precoce reduz de 1,5 a 3,3 dias o tempo de internação na UTI. A avaliação é feita em todos os pacientes do pós-cirúrgico atendidos no hospital.


“O projeto foi idealizado para levar aos nossos pacientes os benefícios proporcionados através do protocolo. Nos leitos dos pacientes aptos, colocamos placas de sinalização para indicar o nível de mobilidade, de acordo com o quadro clínico de cada um. Em pouco tempo, já temos percebido os resultados, como a diminuição dos relatos de dor e do medo de mobilidade pós-cirúrgica”, explica.


O Hospital de Clínicas é referência em cirurgias eletivas por meio do programa Opera Paraíba, oferecendo cirurgias nas especialidades de cirurgia geral, ginecológica, urológica, ortopédica, vascular, neurológica, cabeça e pescoço, proctologia, otorrinolaringologia, mastologia, neurologia e pequenas cirurgias. De janeiro até agora, a unidade já realizou cerca de 3 mil cirurgias.


Foto: Reprodução Google. 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.